Shopping

Exposição Quebrando o Silêncio


Campanha contra a exploração sexual de crianças e adolescentes conscientizará sociedade no Shopping Conquista Sul

A cada 1 hora e meia, duas crianças sofrem abusos sexuais no Brasil. Para alertar a sociedade, o dia 18 de maio foi instituído nacionalmente como o Dia nacional de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. E a Igreja Adventista, através do projeto Quebrando o Silêncio, que acontece há 10 anos em toda a América do Sul, também abraçou a causa em parceria com a Delegacia da Mulher, Conselho Tutelar, Shopping Conquista Sul e o espaço Mediterrâneo. Entre os dias 18 e 24 de maio, a sociedade será informada sobre a importância da denúncia e terá instrução gratuita de como agir com prevenção. A abertura destas ações será na próxima segunda, 18 de maio, às 14h, na praça de eventos do Shopping. Contaremos com a presença de autoridades, entre elas, a primeira dama do município, Jozete Menezes; representantes de instituições de proteção à criança / adolescente e o Coral Infantil da Escola Adventista.

Nestes sete dias de ação, a comunidade conquistense terá assessorias gratuitas de advogados e psicólogos. Segundo a responsável pelo projeto Quebrando o Silêncio na região sudoeste da Bahia, Gilza Torres, esta prestação de serviço é de suma importância. “Nós estaremos aqui durante sete dias informando a sociedade sobre como agir em uma situação tão delicada. As pessoas muitas vezes não sabem como proceder, e o nosso intuito é informar e motivar a denúncia destes casos, que na maioria das vezes, pega a família de surpresa. Por isso, vamos instruir os pais e familiares a estarem atentos e a trabalhar com a prevenção”, comenta.

O espaço também atenderá as crianças com brincadeiras lúdicas, pinturas a favor de um mundo sem violência e vídeos educativos sobre a temática. “Quando a criança é informada de que alguns atos não são normais para a sua idade é mais difícil termos uma vítima de abuso. De forma pedagógica, essas crianças também receberão orientação em nossos stands”, conta Gilza Torres.

Para a delegada da Delegacia da Mulher, Dra. Iara Rocha, a sociedade precisa abrir os olhos sobre tal temática. “É uma realidade triste. Lido todos os dias com crianças e adolescentes que foram abusados. A informação com certeza faria a diferença na vida dos pais, pois perceberiam os sinais dos filhos, ou agiriam com prevenção e tirariam a criança ou o adolescente do perigo. A nossa iniciativa de conscientização é muito importante para chegar perto da comunidade, quebrar o tabu sobre o assunto, alertar e estimular a denúncia. Estaremos aqui durante estes dias para direcionar estas famílias”, conta.

Serão distribuídos folders educativos e a revista Quebrando o Silêncio, que este ano trata o vício em pornografia como um dos maiores motivadores do abuso sexual.

banner1

ÚLTIMAS NOVIDADES


ARQUIVOS



SHOPPING CONQUISTA SUL - Todos os direitos reservados